Fantasia para dois coronéis e uma piscina

Fantasia para dois coron is e uma piscina Um dia leitor hei de contar as nsias e tormentos com que se vai martelando esta artesania da escrita em que ainda sobrevive a m o do caldeireiro ou talvez do fazedor de aut matos e explicar como

  • Title: Fantasia para dois coronéis e uma piscina
  • Author: Mário de Carvalho
  • ISBN: 9789722115926
  • Page: 415
  • Format: Paperback
  • Um dia, leitor, hei de contar as nsias e tormentos com que se vai martelando esta artesania da escrita, em que ainda sobrevive a m o do caldeireiro ou, talvez, do fazedor de aut matos, e explicar como desolador chegar ao nascer da roxa aurora e ao rumor dos primeiros autocarros apenas com duas ou tr s p ginas sofrivelmente apontadas S este trabalho de minuciosa lavra,Um dia, leitor, hei de contar as nsias e tormentos com que se vai martelando esta artesania da escrita, em que ainda sobrevive a m o do caldeireiro ou, talvez, do fazedor de aut matos, e explicar como desolador chegar ao nascer da roxa aurora e ao rumor dos primeiros autocarros apenas com duas ou tr s p ginas sofrivelmente apontadas S este trabalho de minuciosa lavra, em trai oeira brenha, n o contando com o resto, havia de ser, n o principescamente, n o regiamente, mas imperialmente pago.

    • ✓ Fantasia para dois coronéis e uma piscina || ✓ PDF Read by ↠ Mário de Carvalho
      415 Mário de Carvalho
    • thumbnail Title: ✓ Fantasia para dois coronéis e uma piscina || ✓ PDF Read by ↠ Mário de Carvalho
      Posted by:Mário de Carvalho
      Published :2018-08-09T00:26:29+00:00

    One thought on “Fantasia para dois coronéis e uma piscina”

    1. Ljudi! Ova knjiga je smešna! Zabavna! Ovo je knjiga o vojnim penzionerima i njihovim hobijima od ukrštenih reči preko kopanja bazena do međusobno zamenjivih anegdota!Takođe o: mudrim dijalozima sove i kosa, šahovskom majstoru, rašljaru i nenamernom švaleru (sve jedan isti lik) koji putuje Portugalijom u raspalom renou četiri, o portugalskoj birokratiji (isti mi), aljkavosti (isti mi), navijačima (ibid), autorskim digresijama, provalama neočekivanih sporednih likova koji se bore za svo [...]

    2. Smešno je, taman za popodnevnu kafu. :) Dvoumila sam se između filma i ove knjige, mislim da nisam pogrešila, taman sam se razgalila pred narednu sedmicu i čitalačke muke. :D

    3. Maybe slightly minor Mário de Carvalho, a satyrical rootless take on modern portuguese society. Maybe not his best ( and his best is very great) but still brilliant. Not sure how a non-portuguese reader would get it though.

    4. It's pretty hard to describe what this book is about, but the title feels quite right: "A fantasy for two coronels and a pool". This is about Lisbon, about Portugal, a view on modern Portuguese society with a bit unusual (or maybe not) characters.It felt like I was reading poetry Mário de Carvalho's writing style makes me feel so cosy even if he's writing about nothing, just because it all feels so familiar :) He is becoming one of my favourite Portuguese writers, and they are not many!All of t [...]

    5. Um livro divertido, sem género ou com um género novo-cronovelema. As personagens são tratadas como se fosse um conto, porque não sabemos muito sobre elas, o enredo vai fluindo de forma simples entrelaçando-as de forma curiosa.O melhor do livro é a linguagem divertida, perspicaz, inteligente e profícua em palavras cheias, de um português rico, diversificado e histórico. O autor faz lembrar Fernão Lopes, Saramago, Alexandre Herculano. Escreve para nos dar alguma instrução, como diz Rui [...]

    6. Fantasia para dois coronéis e uma piscina foi o quinto livro de Mário de Carvalho que li e aquele que menos me agradou. Depois de lidos os livros de contos “A inaudita guerra na avenida Gago Coutinho” e “Os Alferes” e dos romances históricos “A paixão do conde Fróis” e “Um deus passeando pela brisa da tarde”, “Fantasia” apresenta-se como algo completamente distinto. Não é fácil caracterizar este livro, seja pelo seu formato, pela mescla entre realidade e imaginário [...]

    7. A ideia de ler alguma coisa de Mário de Carvalho surgiu quando ao ler uma entrevista de Ricardo Araújo Pereira na revista do Circulo de Leitores, este referiu que Mário de Carvalho era um dos seus escritores de eleição. É sabido que este gato fedorento junta a sua excelente capacidade humorística a uma imensa cultura geral, pelo que a referência era de ter em conta.A ideia ganhou ainda mais forma, quando ouvi uma entrevista no programa "Pessoal e Transmissível" da TSF, acerca do novo li [...]

    8. Este livro, assim como os coronéis, a piscina e as fantasias, serve de pretexto para uma extensa e bem conseguida crítica à sociedade portuguesa. Ao longo do livro o narrador, que tudo sabe e tudo nos comunica, muda de história e entra no universo do fantástico repentinamente, tornando a leitura mais difícil mas mais interessante também.

    9. Nisam sigurna koju bih ocenu dala knjizi. Nije ostavila poseban utisak na mene, niti povoljan niti nepovoljan.Očekivala sam nešto drugačije. Ostavljam prazno za mogućnost ponovnog čitanja i bilo kakvog utiska.

    Leave a Reply

    Your email address will not be published. Required fields are marked *